A verdadeira Caridade não é socialista

CaridadeSer solidário é ajudar o outro com o próprio esforço. É botar o seu na reta. É trabalhar você mesmo pelo próximo e tirar dinheiro do próprio bolso quando quiser contribuir.

Ajudar as pessoas com o dinheiro alheio não é solidariedade. É canalhice! Os esquerdistas querem universalizar essa loucura. Muita gente bem intencionada acaba sendo enganada por esses picaretas, pois relaciona socialismo com caridade. Nada mais falso. Por isso é comum ver cristãos e judeus confundindo a bandeira da Tsedacá (caridade) com o socialismo o qual, aponte-se, é anti-judaico e anti-cristão por natureza. Continue lendo “A verdadeira Caridade não é socialista”

Crise na Venezuela e na Grécia ou o porquê o socialismo fracassa e continua fracassando

queda do muro berlim
Socialismo: a doutrina que ignora a realidade.

A Crise da Venezuela é a crise da esquerda. A esquerda prometeu o paraíso às pessoas. Só se esqueceu de que tudo tem um preço. Bens e serviços não brotam do nada. Eles são o resultado de trabalho. E como tal, precisam ser remunerados.

O Estado não tem renda própria. E quando tem, ela não é suficiente para pagar todas as suas despesas. Essencialmente, o Estado é mantido às custas dos impostos tomados das pessoas. Então para manter seus gastos, ele eleva os impostos ao máximo. E quem paga é quem produz e trabalha. Isso leva ao aumento dos custos de produção e diminui a competitividade das empresas. Resultado: a empresa não vende. Por isso é obrigada a demitir para reduzir custos, isso quando não fecha de vez. Esse ciclo cria um aumento de demanda por “benefícios sociais”, os quais, para serem custeados, requerem mais “aumento de impostos” que, por sua vez, diminuirá mais ainda a competitividade das empresas e resultará em mais demissões e menos atividade econômica. É um ciclo vicioso.  Continue lendo “Crise na Venezuela e na Grécia ou o porquê o socialismo fracassa e continua fracassando”

Por quê os socialistas odeiam judeus e o Estado de Israel?

Esses políticos são socialistas defensores de bandidos, criminosos e ditaduras assassinas (irã, Coreia do Norte, Venezuela e Cuba). Eles caluniam a única democracia do Oriente Médio de fazer aquilo que eles mesmos já fizeram e ainda fazem em vários lugares do mundo. São gente hipócrita, mentirosa e perversa que quer fazer você acreditar que o fogo é frio e a água é seca.
Esses políticos são socialistas defensores de bandidos, criminosos e ditaduras assassinas (irã, Coreia do Norte, Venezuela e Cuba). Eles caluniam a única democracia do Oriente Médio de fazer aquilo que eles mesmos já fizeram e ainda fazem em vários lugares do mundo. São gente hipócrita, mentirosa e perversa que quer fazer você acreditar que o fogo é frio e a água é seca.

Os políticos defensores da Palestina são os mesmos que também defendem o menor bandido, os assassinos e os marginais sem alma. Alguém já viu socialista defensor dos direitos humanos visitar a família da vítima? Não! Eles são especialistas em defender pessoas perversas. É o xodó deles.

Eles também defendem a carnificina promovida pelos países socialistas: Coreia do Norte, Cuba, Venezuela e Irã. Também adoram ditadores sanguinários e sem alma como Kim Jong-Un que atirou o próprio tio para ser comido vivo por cães. O filho dele, outro crápula, quase iniciou uma guerra nuclear a troco de nada com os Estados Unidos em 2013, colocando a vida no mundo inteiro em risco de extinção. Incrivelmente, os socialistas brasileiros apoiaram a atitude irresponsável do Presidente maluco da Coreia do Norte!

É esse povo hipócrita e sanguinário que acusa os judeus de se defenderem contra o grupo terrorista Hamas que deseja exterminar o povo judeu e o estado de Israel. Não se trata de “divergência de opiniões”. Trata-se de ter um coração honesto e olhar para os fatos como eles são.

Esses hipócritas acusam a contra-revolução de 1964 pela tortura e morte de cerca de 1.000 pessoas no Brasil, ao mesmo tempo que eles acham lindo os 100.000 assassinados por Fidel Castro em Havana, os 20 milhões na Rússia e os 50 milhões na China! São mentirosos desonestos. Dizem odiar ditaduras e apoiam outras muito piores! É a hipocrisia de um coração hediondo, corrompido e perverso que se acha no direito de acusar o inimigo daquilo que ele mesmo é. Eles acreditam que um crime pode justificar outro! Continue lendo “Por quê os socialistas odeiam judeus e o Estado de Israel?”