A (in)justiça atual ou vai para o inferno esquerdista de merda

Estupro na mataTrês adolescentes praticaram crimes contra 4 meninas:estupro qualificado, homicídio com cinco qualificadores, tentativa de homicídio e associação criminosa, fora a agressão física.

Pena: 3 anos em COLÔNIA DE FÉRIAS! Repito: Colônia de Férias! Puta que pariu!!

Isso é ou não é um incentivo ao crime? Claro que é!

E sabe porque isso aconteceu? Por causa dos ESQUERDISTAS HIPÓCRITAS que acham feio reduzir a maioridade penal para proteger os “di menor”. E as meninas agredidas, como ficam? Para elas não tem colônia de férias, nem vida boa… para elas é só o trauma do estupro, o terror da lembrança que nunca se apagará. E, para uma delas só restou 7 palmos de terra em cima do peito, seu futuro foi apagado por bandidos de merda. 3 Jovens traumatizadas, uma morta e quatro famílias furiosas e abaladas pela ausência de justiça. Continue lendo “A (in)justiça atual ou vai para o inferno esquerdista de merda”

Operação Hurricane: José Eduardo Carreira Alvim

Livro Operação Hurricane - Carreira Alvim
Operação Hurricane. Carreira Alvim

Certa manhã, José Eduardo Carreira Alvim, vice-presidente do tribunal regional federal da 2ª região e renomado jurista, acordou convertido em perigoso marginal sem mais nem menos. Ele foi humilhado e preso sob a mira de metralhadoras numa cela comum da polícia federal com tudo filmado pela Rede Globo. Nada lhe valeram as garantias Constitucionais da Magistratura e os Princípios Constitucionais do Contraditório e do Devido Processo Legal.Este livro mostra escancaradamente os bastidores da justiça republicana brasileira. Carreira Alvim conta as razões de ter sido preso por crimes que nunca praticou. Ele indaga por que seus direitos de magistrado não foram respeitados e denuncia ter sido vítima de uma conspiração odiosa, tramada por altas autoridades da justiça e da polícia.Carreira Alvim está afastado da magistratura e aguarda há quatro anos o Supremo Tribunal Federal julgar seu caso, mas seu processo está parado por causa de forças ocultas.

Se você ainda acredita na república brasileira, leia este livro. Ele é a prova de que a república faliu. Nem mesmo o Vice Presidente de uma das mais altas cortes de justiça do país está livre de ser acusado, julgado e humilhado sem provas quando as altas autoridades da república assim o desejam. Todos os cidadãos correm perigo.

Sim, a república é um inferno. Inferno para todos, para o pobre ou para um Vice Presidente de Tribunal. Ninguém escapa. Nunca foi tão atual a frase que está na porta do inferno de Dante: “Deixai toda a esperança, vós que entrais”. Esta é a república do Brasil.