Por quê os socialistas odeiam judeus e o Estado de Israel?

Esses políticos são socialistas defensores de bandidos, criminosos e ditaduras assassinas (irã, Coreia do Norte, Venezuela e Cuba). Eles caluniam a única democracia do Oriente Médio de fazer aquilo que eles mesmos já fizeram e ainda fazem em vários lugares do mundo. São gente hipócrita, mentirosa e perversa que quer fazer você acreditar que o fogo é frio e a água é seca.
Esses políticos são socialistas defensores de bandidos, criminosos e ditaduras assassinas (irã, Coreia do Norte, Venezuela e Cuba). Eles caluniam a única democracia do Oriente Médio de fazer aquilo que eles mesmos já fizeram e ainda fazem em vários lugares do mundo. São gente hipócrita, mentirosa e perversa que quer fazer você acreditar que o fogo é frio e a água é seca.

Os políticos defensores da Palestina são os mesmos que também defendem o menor bandido, os assassinos e os marginais sem alma. Alguém já viu socialista defensor dos direitos humanos visitar a família da vítima? Não! Eles são especialistas em defender pessoas perversas. É o xodó deles.

Eles também defendem a carnificina promovida pelos países socialistas: Coreia do Norte, Cuba, Venezuela e Irã. Também adoram ditadores sanguinários e sem alma como Kim Jong-Un que atirou o próprio tio para ser comido vivo por cães. O filho dele, outro crápula, quase iniciou uma guerra nuclear a troco de nada com os Estados Unidos em 2013, colocando a vida no mundo inteiro em risco de extinção. Incrivelmente, os socialistas brasileiros apoiaram a atitude irresponsável do Presidente maluco da Coreia do Norte!

É esse povo hipócrita e sanguinário que acusa os judeus de se defenderem contra o grupo terrorista Hamas que deseja exterminar o povo judeu e o estado de Israel. Não se trata de “divergência de opiniões”. Trata-se de ter um coração honesto e olhar para os fatos como eles são.

Esses hipócritas acusam a contra-revolução de 1964 pela tortura e morte de cerca de 1.000 pessoas no Brasil, ao mesmo tempo que eles acham lindo os 100.000 assassinados por Fidel Castro em Havana, os 20 milhões na Rússia e os 50 milhões na China! São mentirosos desonestos. Dizem odiar ditaduras e apoiam outras muito piores! É a hipocrisia de um coração hediondo, corrompido e perverso que se acha no direito de acusar o inimigo daquilo que ele mesmo é. Eles acreditam que um crime pode justificar outro! Continue lendo “Por quê os socialistas odeiam judeus e o Estado de Israel?”

Porque não poupar civis na guerra.

O que é uma guerra?

Guerra é ato brutal.
Só o fato de se travar uma guerra já é a prova cabal de que não há solução jurídica para o caso. Se o Direito tivesse funcionado, o conflito teria se resolvido pela via diplomática (acordo, sanções e etc.). A guerra só existe quando falha o Direito.

Guerra é um ato extremo no qual um povo combate outro para fazer valer a sua vontade. Apesar de haver acordos internacionais sobre o assunto, a guerra não é ato jurídico. Pelo contrário, ela é ato antijurídico e brutal no qual, durante sua duração, há suspensão das garantias constitucionais e legais a fim de se se alcançar o objetivo: vencer o inimigo por qualquer meio.

Diferentemente de uma persecução penal, na guerra não há direito ao “contraditório”, à “boa fé objetiva”, à “ampla defesa”. Pelo contrário, busca-se a vitória sempre, nem que para isso tenha que se usar de expedientes antiéticos. Na guerra, o vencedor sempre tem razão e o vencido deve se submeter ou morrer.

Entretanto, há os que pensam diferente. Eles consideram a guerra um ato jurídico que deve ser realizado conforme as regras do Direito Constitucional, especialmente os tratados internacionais. Caso o país descumpra as normas, deve ser punido por “crime de guerra”. Pura hipocrisia, pois não há guerra justa. A guerra, em si, já é a prova de que o Direito falhou naquele caso. Ela é ato brutal e extremo. Continue lendo “Porque não poupar civis na guerra.”

Farra com seu dinheiro. Os terroristas agradecem.

Vergonha Brasil
Seu dinheiro está sendo torrado com terroristas na Palestina. São R$ 25.000.000,00.

Os brasileiros sofrem com as queimadas que devastam fazendas e destroem cidades. Além disso, a irresponsabilidade republicana permite a ocorrência de enchentes que desabrigam milhares de brasileiros todo ano. E o brasileiro, para variar, não pensa com seriedade sobre o assunto e prefere jogar a culpa de tudo na “mudança climática”. Continue lendo “Farra com seu dinheiro. Os terroristas agradecem.”

A Hipocrisia Humana

Cuidado: a mentira mata. Centenas de milhares de pessoas morrem anualmente por causa da violência, falta de saúde, agrotóxicos, poluição, fome, acidentes de trânsito, falta de saneamento, desastres e outros problemas. A causa é a mesma de sempre: a mentira. No Brasil ela se chama república. O maior conto de fadas já contado e que muitos bobos acreditam, apesar de haver 120 anos que ela não dá certo.

Fico impressionado com o alcance da hipocrisia humana quando dou uma parada e olho o mundo ao redor. Senhores, doutores e corruptores batem a mão no peito e defendem suas posições como se fossem exemplares perfeitos da mais pura ética e moral, dignos de fundarem qualquer religião que salve de modo cabal a alma de seus seguidores.

Alguns deles chegam a se contorcer quando escutam a palavra “violência” como se não cometessem atos de violência o tempo todo contra seus semelhantes. Esses senhores defensores dos direitos humanos, das liberdades e tantos nomes bonitos que infestam o discurso dos famélicos políticos; são os que mais causam mal e violentam a vida das pessoas. Eles perpetuam um sistema gerador das mais intensas contradições, a república, que reduziu os brasileiros a bestas que acreditam em contos da carochinha. Continue lendo “A Hipocrisia Humana”